SIGA-NOS NO FACEBOOK!

Fotografar o parto – sim ou não?

O nascimento de um filho é o momento mais aguardado de toda a gravidez. É um momento que, por ser tão importante e único, é, muitas vezes, gerador de ansiedade e nervosismo. Mas é um momento que se quer guardar para sempre.

Hoje em dia, com o acesso facilitado à novas tecnologias, não é difícil os pais terem algumas fotografias das primeiras horas de vida do bebé. Mas a verdade é que, por vezes, na ânsia de registar o momento, o pai acaba por não o viver em pleno.

É aqui que surgem a fotografia de parto. O fotógrafo de parto é um profissional que se dedica a registar os momentos mais importantes do nascimento, desde o momento em que o casal chega ao hospital até às primeiras horas de vida do bebé.

Sendo uma atividade ainda muito recente em Portugal, ainda é vista com alguma desconfiança, quer por alguns pais quer por alguns hospitais.

Se está a ponderar ficar com um registo profissional dos primeiros momentos de vida do seu bebé, tenha em consideração os seguintes aspetos:

  1. Certifique-se que o hospital e a equipa médica autorizam, por escrito, a presença do fotógrafo (além do pai)
  2. Faça uma pesquisa exaustiva do profissional que vai contratar e peça referências se necessário
  3. Marque uma conversa com o fotógrafo antes da contratação dos serviços, certifique-se de que estará disponível para o parto 24h/dia e coloque-lhe todas as questões que considerar pertinentes de forma a tirar todas as dúvidas
  4. Analise o portfolio do fotógrafo e veja se o seu estilo se adequa àquilo que idealiza
  5. O fotógrafo, na sala de partos, deve ser um elemento “invisível” e sem qualquer interferência no processo
  6. Esteja preparada para imprevistos (como a necessidade de uma intervenção urgente, por exemplo) e mantenha-se flexível para eventuais ajustes que sejam necessários.

 


With love, BBme by Joana Teles

 

Share this post



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *