SIGA-NOS NO FACEBOOK!

Dicas para adormecer o seu bebé sozinho no berço

O sono do bebé é um tema que deixa os pais nervosos ainda mesmo antes de o bebé nascer. Quando a mulher fica grávida passa a ouvir dizer com frequência: “Aproveita agora para dormir, porque nunca mais vais ter uma noite descansada.”

Se, por um lado, estes comentários podem ter algum fundamento, porque a mãe passa, de facto, a ter um sono mais leve – e isto começa mesmo durante a gravidez, com as frequentes idas à casa de banho durante a noite, por exemplo – , a verdade é que a família pode continuar a ter um sono minimamente retemperador se colocar em prática algumas estratégias que podem ajudá-la a si e ao seu filho nessa fase em que tudo é uma aprendizagem.

 

  • A rotina assume um papel preponderante na hora de ir dormir. Todas as crianças precisam de rotinas e os bebés, que estão numa fase de aprendizagem por excelência, precisam ainda mais. A rotina permite-lhes ir tomando conhecimento do que vem a seguir e isso dá-lhes segurança. Por isto mesmo, a família deve analisar qual a melhor rotina a implementar à medida que se aproxima a hora de dormir. Há famílias que associam esse momento ao banho, outras a uma pequena história e outras a, simplesmente, dar um beijinho de boa noite a todos os membros da família. Esta rotina deve ser mantida todos os dias, sensivelmente sempre à mesma hora, para que, com o tempo, o bebé já saiba o que vai acontecer em seguida.

 

  • À hora de deitar, o bebé não deve ser exposto a grandes distrações ou a ambientes agitados. À medida que a noite se aproxima, é conveniente que a intensidade das luzes da casa vá diminuindo, que as vozes fiquem mais calmas e que todos comecem a entrar num estado de maior relaxamento e serenidade. Quando há irmãos mais velhos, é importante que também as brincadeiras deles se tornem mais tranquilas com o chegar da noite. Trocar a televisão ou os jogos mais dinâmicos por algo mais relaxante como ver um livro ou fazer um puzzle pode ajudar nesta transição. Acredite, tudo isto irá ajudar o bebé a acalmar.

 

  • Apague as luzes do quarto. Durante a noite, no máximo, use uma leve luz de presença.

 

  • Coloque o seu filho no berço ainda acordado. Quanto mais cedo o começar a fazer, mais cedo ele vai aprender a adormecer sozinho. Esteja atenta aos sinais de sono: esfregar os olhos, esfregar-se no seu peito quando está ao colo e não tem fome, fica agitado e irritado ou boceja. O ideal é que o seu bebé seja colocado no berço antes de estes sinais serem completamente evidentes. Há quem defenda que os berços não devem ter móbiles ou outros elementos que possam distrair o bebé, afastando-o do sono. Fique junto do berço para que ele saiba que está em segurança, mas não converse com ele e evite o contacto visual. À medida que ele for ficando cada vez mais tranquilo, vá-se afastando do berço.

 

  • Não adormeça o seu bebé ao colo, a mamar ou no biberão. Isto pode facilitar nos primeiros tempos de vida, mas dificulta a aprendizagem à medida que eles vão crescendo.

 

  • Utilize frases-chave simples que mostrem ao bebé que o momento se aproxima, à semelhança das atividades que integrar nesta hora do dia. Isto dar-lhe-á segurança à medida que ele for crescendo e compreendendo o que lhe diz.

 

  • Não salte sestas a pensar que o seu bebé, assim, vai dormir melhor à noite. O cansaço acumulado vai acabar por ter o efeito contrário e um bebé agitado vai ter mais dificuldades para adormecer.

 

  • Se quer mesmo que o seu filho durma na cama dele, evite deixá-lo dormir umas vezes na sua cama e outras na dele. Isto vai causar-lhe confusão. Uma vez decidido que quer que ele aprenda a adormecer na sua cama sozinho, seja consistente na sua atuação. Compreensiva e meiga, mas firme e consistente, ao mesmo tempo.

 

  • Se o bebé chorar durante o processo, volte ao quarto as vezes que forem necessárias, mas não o tire do berço a menos que o choro seja de tal maneira intenso que considere que é impossível acalmá-lo no berço. Volte a repetir o processo de se ir afastando à medida que ele vai acalmando a respiração. Com o tempo, as idas ao quarto durante o processo irão diminuir.

 

  • Utilize as mesmas estratégias para o sono da noite e para as sestas durante o dia. A consistência é o segredo nesta aprendizagem.

 

Lembre-se: o mais importante é que não se deixe levar por sentimentos de culpa por estar a tentar ensinar o seu filho a dormir. Dormir (bem) é essencial para o bem-estar de toda a família, para o crescimento e saúde do seu bebé e, sobretudo, para o bem-estar emocional da mãe que, afinal, é tão importante como tudo o resto.

 

Share this post



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *